Sexta, 16 Setembro 2016 19:39

Exposição destaca cultura indígena Destaque

Avalie este item
(1 Votar)

A unidade do Sesc Gravatá, que já é conhecida do público pela beleza do seu espaço, convida o público para prestigiar a Exposição Kamonini, do artista Tony Neto. Durante a semana, a unidade recebe os alunos das escolas do estado, e nos finais de semana, o público em geral pode conferir a exposição das 9h às 14h. A entrada é gratuita.


Um ambiente com 22 hectares de muito verde, com um viveiro de árvores da Mata Atlântica e trilhas o Sesc Gravatá é um local ideal para a exposição do artista Tony Neto, que busca retratar em suas obras o cotidiano das tribos indígenas brasileiras, como: Guarani- Apapokuva, Urubu Kaapor, Paresi, Yanomami, Sorawahá e os Guarani-Kaiowá. O nome que entitula a exposição significa “saudade” na língua Arawá, falada pelo indígena Sorawahá. A obras, que vêm percorrendo várias cidades, faz um alerta para as altas taxas de suicídio de populações indígenas. A exibição acontece até o dia 9 de outubro.

As instituições de ensino que se interessarem podem realizar o agendamento da sua visita através do número (83) 3237-5959, com no máximo 200 alunos por turno. A unidade do Sesc Gravatá se localiza na Rua Embaixador Sérgio Vieira de Mello, lotes 13/14, Valentina.

Ler 1571 vezes Última modificação em Terça, 20 Setembro 2016 12:57